post

COMO A COISA COMEÇOU

Durante uma década, a Rita e eu sonhamos construir uma casa de campo, nem tão longe, nem tão perto, para fugir de Campinas nos finais de semana. Quando finalmente conseguimos um terreno e algum dinheiro para o projeto surgiu um problema. O lugar era muito complicado. Para chegar onde seria nossa casa tínhamos que transpor uma pirambeira de terra na encosta de um morro, que quando chovia muito era intransitável pra um carro normal, desses que gente comum tem pra trabalhar, levar menino na escola, visitar os amigos.

Mas sonho é sonho. Não desistimos. Compramos uma camionete quatro por quatro para levar o material de construção pirambeira acima e iniciar a obra. Este foi o pecado. Aos poucos fomos sentindo que pegar a estradinha de terra, vencer os buracos, a lama, os aclives, subir e descer pirambeira de terra que chegava a 30 graus de inclinação dava muito mais prazer do que construir e desfrutar a tão sonhada casa de campo.

A obra acabou antes de terminar. Casa não sai do lugar. Para que duas? Abortamos o projeto, caímos na estrada e dela não saímos até hoje.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: