post

FOMOS

Nós e a ONÇA na véspera da partida

Sexta-feira, 18 horas, fim de expediente. Finalmente cumprimos nosso último compromisso de trabalho antes da viagem. Agora serão 60 dias de estrada pela frente. Ao chegar em casa a ONÇA estava lá, na garagem, preparada, com toda nossa bagagem, só faltou abrir as portas e nos engolir.

Durante a noite foi difícil dormir. Aliás, não dormimos nada. Ficou passando um filme, mostrando a preparação da viagem numa cronologia confusa. As primeiras idéias, os trâmites para embarcar a ONÇA no Equador, a situação política em Honduras, os cuidados com a altitude no Peru, os conflitos entre narcotraficantes na fronteira do México com os Estados Unidos…

Dia seguinte, cinco horas da manhã, escuro ainda, saímos de casa para iniciar a maior aventura de nossas vidas (até agora).

Nosso plano era, de Campinas, entrar na Argentina por Foz do Iguaçu, sem correria, fazendo o trajeto em dois dias. Mas, depois de tantos meses de preparo a ansiedade era tanta para finalmente sair viajando que foi difícil parar. Fomos indo, indo, indo, e, quando nos demos conta, já estávamos em Foz. Foram 12 horas de direção, parando apenas algumas vezes para abastecimento (e desabastecimento também) e um café. Tudo o que não se deve fazer, logo no primeiro dia. Mais adiante, fomos encontrando nosso ritmo de viagem, mesclando dias de deslocamento de 4 a 8 horas de direção com dias de descanso, explorando, muitas vezes a pé, a região.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: